empresa: Planalto Ouro e Prata
origem:
destino:
qual dia:
a partir:

*A Estação Rodoviária de São Borja informa: Não comercializamos passagens online. A responsabilidade é da empresa que oferece o serviço.

origem:
destino:
   

Rua Félix da Cunha, 1540
Fone: (55) 3431-1760

veja no mapa

Encomendas

  • Temos a disposição dos usuários o Setor de Encomendas, onde você pode enviar suas Encomendas para várias localidades do Estado, atendida via ônibus com praticidade, segurança e rapidez.

            Atenção Passageiro, conheça seus direitos: Lei 7.728  - Ato 14.420 do DAER

Art. 5º - As empresas de transporte coletivo intermunicipal são obrigadas a efetuar o transporte de encomendas, dentro das disponibilidades de espaço e carga correntes em cada viagem.
§ 1º - Entendem-se por encomendas os objetos ou mercadorias que, por sua natureza, forma, dimensão, volume, peso ou quantidade, são transportáveis por veículos de transporte coletivo.
§ 2º - É proibido o transporte de animais vivos, de inflamáveis, explosivos, corrosivos, ou de qualquer objeto ou mercadoria cujo transporte rodoviário for proibido por lei, regulamento, instruções, exigências ou requisitos do poder público.
§ 3º - Mercadorias perecíveis serão transportadas sem qualquer responsabilidade, tanto das empresas transportadoras como das rodoviárias.
§ 4º - Serão recusadas, para despacho, as encomendas que, por sua natureza ou mau acondicionamento, possam causar danos ao veículo transportador, aos passageiros ou às demais encomendas.
§ 5º - Não será permitido o transporte de volume com mais de 30 quilos ou mais de 200 cm3, nos veículos de transporte coletivo de passageiros.
§ 6º - Não serão aceitas as encomendas que não estejam devidamente marcadas com o nome e endereço do destinatário.
Art. 6º - O despacho de encomendas incumbe às agências e estações rodoviárias, e consistirá na emissão no ato de recebê-las, do competente conhecimento da encomenda.
Art. 7º - Nas localidades desprovidas de rodoviárias, as próprias empresas transportadoras farão o despacho das encomendas, assumindo, então, as mesmas obrigações e direitos daquelas entidades.
Art. 8º - As rodoviárias não poderão despachar encomendas para localidades que não possuam tal serviço, salvo se as empresas transportadoras se responsabilizarem, por escrito, pela entrega direta das encomendas aos destinatários.

ATO Nº 14.420
Art. 9º - O conhecimento da encomenda deverá indicar com precisão:
a) Agência ou Estação Rodoviária que receberá a encomenda para despacho;
b) O lugar, a data de emissão e o número de ordem do conhecimento;
c) O nome e o endereço do expedidor ou remetente;
d) O nome e o endereço do destinatário;
e) A designação da agência ou estação rodoviária de destino;
f) Nome da empresa que transportará a encomenda;
g) A natureza da encomenda, tipo de embalagem empregado, quantidade de volumes, peso e valor respectivo;
h) O valor do frete pago e dos emolumentos cabíveis;
i) Todas as especificações exigidas por leis fiscais, tais como: número de inscrição, nota fiscal, etc.;
j) Espaço para o destinatário passar o recibo no ato de lhe ser entregue a encomenda.